Ontem, a Unisc Montenegro inaugurou um importante serviço à comunidade. O espaço, situado na rua João Pessoa, no Centro da cidade, oferece assistência jurídica e psicológica gratuita as pessoas carentes. A iniciativa, novidade em Montenegro, é prática comum de universidades e já implantada pela Unisc em outros campi.

Ali, os estudantes em estágios mais avançados dos seus respectivos cursos trabalham em prol da população, sob supervisão dos professores. Assim, eles desenvolvem o aprendizado prático das profissões que exercerão após estarem formados, e a comunidade recebe uma atenção de qualidade e sem custo. É um Apostas desportivas online de ganha-ganha, em que a Universidade oferta o que tem de melhor à sociedade que lhe acolheu, e os estudantes, enquanto se qualificam, suprem um gargalo nos serviços – neste caso, nas áreas da Justiça e da Saúde Pública. Além dos alunos, a instituição também ganha, com a possibilidade de mostra na prática a qualidade do aprendizado que oferece; já que a população estará sentindo na pele como serão os futuros profissionais que serão formandos na instituição.

Uma preocupação justa da comunidade é quanto à capacidade de atendimento dos estudantes e como serão os serviços prestados nesses casos – temos uma cultura de desconfiar das gratuidades. Mas há de se ver essa oportunidade por um prisma muito específico. As clínicas-escolas e as iniciativas de assistência jurídica promovidas pelas instituições de ensino superior têm trabalhos exemplares. Isso porque, os alunos se esforçam para ter a melhor formação possível, enquanto os professores cobram por atendimentos de excelência.

E, convenhamos, a Unisc é reconhecida pela qualidade da formação que oferece aos seus graduandos. Portanto, a expectativa é de um bom trabalho, que acrescenta muito à cidade e mostra, mais uma vez, que o papel da universidade vai muito além das salas de aula.

Deixe seu comentário